Laudos de suplementos nacionais


Quando o assunto é qualidade de valor nutricional, estamos avançando, o público está ficando mais exigente, buscando melhores resultados e abrindo o olho para marcas que estão no mercado para abusar da inocência dos consumidores e incompetência de órgãos fiscalizadores do Brasil. Recentemente foram divulgados vários laudos informando quantidade de proteína, por exemplo, muito menor do que o informado em tabela nutricional, de várias marcas, já outras ganharam credibilidade por ter o valor igual ou superior do informado na composição.
          Quer saber a verdade? Laudos estão sendo realizados patrocinados por marcas e empresários que viram a repercussão que isso está trazendo para o mercado, afim de aumentar a credibilidade da marca em questão, e isso não é a primeira vez que acontece na saúde pública, a indústria farmacêutica na década de 90, falsificou milhares de laudos para implantação de remédios na saúde do Brasileiro. Um exemplo claro disso: Saiu um laudo do F. B., gestor de uma loja de suplementos, que a proteína da Peter Food cujo rótulo informa 26gramas de proteína por porção, apresentou na análise 28,31gramas de proteína por porção, o preço da Whey na indústria era de R$44,00, após o relato, subiu o custo para R$68,00. A whey permanece a mesma, venho a dizer, uma porcaria, temos claramente um falso-positivo. Todos os dias saem laudos e mais laudos, agora é moda enganar com Laudos, abusar da inteligência do consumidor.



Por: Jayme@nutricaosuplementos.com.br
Jayme Assunção Nutrição Suplementos
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment