Juiz decide liberar masturbação em público


Uma recente decisão de um juiz na Suécia causou polêmica no país. Um homem de 65 anos julgado por ter se masturbado em público na praia de Drevviken, em Estocolmo, foi inocentado. De acordo com a decisão do magistrado, o réu não estava dirigindo o ato a ninguém em particular. E assim, ele não merecia ser punido por crime sexual. "Com essa decisão, concluímos que seja normal se masturbar na praia", lamentou o promotor público Olof Vrethammar. As informações são do site "The Local". 
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment