Somente 7% dos deputados federais retornam à Câmara depois do recesso


No primeiro dia dos trabalhos legislativos após o recesso branco, nesta quinta-feira (1º), apenas 37 dos 513 deputados federais compareceram à Câmara dos Deputados para a sessão plenária de debates. Deste total, 17 fizeram discursos no plenário.  
Para não perderem os dias de férias no mês de julho, mesmo descumprindo a obrigação imposta pela Constituição de aprovar o texto preliminar da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), o Congresso cancelou as sessões de votação e garantiu o descanso entre os dias 18 a 31 de julho.  
Entre os projetos pautados pelo presidente da Câmara estão o que trata da destinação dos recursos dos royalties do petróleo para a educação e para a saúde,  o que altera a Lei dos Crimes Hediondos e o Marco Regulatório da Mineração.  
No Senado também não houve quórum e as votações desta quinta-feira foram canceladas. O presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), convocou uma reunião com os líderes partidários para a próxima terça-feira, quando será discutido os projetos que entrarão em pauta no Senado.  
Renan adiantou, no entanto, que algumas matérias da chamada agenda positiva, que foi montada a partir das reivindicações das manifestações de rua, devem ser apreciadas logo no início dos trabalhos de votações.    
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment