Papa encara escândalo de pedofilia como teste, diz porta-voz


O Papa Bento 16 vê o escândalo de pedofilia que assola a Igreja Católica da Europa e dos Estados Unidos como "um teste para si próprio e para a igreja", disse seu porta-voz, padre Federico Lombardi. Novas denúncias de abuso sexual contra crianças cometidos por padres aparecem quase diariamente e já ameaçam o nome até mesmo do pontífice, acusado de ocultar denúncias no passado.
Segundo Lombardi, o papa passa a Semana Santa "em humildade e penitência".
"O papa é uma pessoa de fé. Ele vê isso como um teste para ele e para a igreja", continuou Lombardi, questionado como o papa está reagindo as denúncias de pedofilia.
O papa afirmou nesta quinta-feira, em celebração crismal, que os cristãos não devem aceitar injustiças, mas não citou os casos de pedofilia que assolam a Igreja Católica.
Na solenidade, que integra as celebrações da Páscoa e na qual são abençoados os óleos santos, o pontífice defendeu que os direitos devem ser respeitados, já que são "o fundamento da paz".
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment