Americano é preso por filmar mulher durante bronzeamento artificial


O norte-americano Manuel A. Lara, de 29 anos, foi preso na cidade de Bolingbrook, no estado de Illinois (EUA), acusado de filmar uma mulher enquanto ela estava em uma cabine de bronzeamento artificial, segundo reportagem do jornal "Chicago Sun-Times". Na última terça-feira, às 19h45, uma mulher de 30 anos relatou ter visto um homem gravando um vídeo dela enquanto ela fazia uma sessão de bronzeamento.
De acordo com o policial Mike Rompa, a vítima estava aplicando loção no corpo quando notou uma pessoa segurando uma câmera na cabine ao seu lado. O agente destacou ainda que a mulher chamou o gerente e relatou o que aconteceu. Manuel Lara negou que estivesse filmando a mulher e tentou deixar o local, mas foi parado pelos policiais. Segundo Rompa, os agentes localizaram e apreenderam uma câmera com Lara, na qual havia um vídeo da vítima. Lara foi preso e levado para a prisão do Condado de Will acusado de gravar um vídeo não-autorizado. Segundo a lei estadual, é ilegal gravar vídeos em banheiros, cabines de bronzeamento, vestiários e quartos de hotel sem o consentimento da pessoa.
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment