Estacionamento aceita objetos usados como forma de pagamento na Argentina

Reprodução

Uma família de argentinos encontrou uma forma inusitada para manter em funcionamento seus empreendimentos. Donos de três parques de estacionamentos e uma loja de usados, em Mendoza, eles viram que a melhor maneira de não fechar as portas dos negócios era ampliar as formas de pagamento. Para isso, Iván Caraganopulos, 33 anos, convenceu o família de que uma alternativa era colocar uma faixa em cada um dos locais com a frase: “pague o estacionamento com coisas que você não use”. ”O fluxo de clientes baixou muito porque os arredores da região foram liberados para motoristas estacionarem”, contou Iván ao site argentino DMZ online.Com o movimento do estacionamento caindo bruscamente, eles decidiram fazer uma fusão da operação dos negócios. “Aceitamos desde revistas, jornais e tudo o que as pessoas não precisam mais. O bom é que a resposta está sendo incrível. É rentável para nós e para os clientes porque a inflação não os afeta, já que trocamos os artigos usados, que irão para a loja, por turnos no estacionamento”, explicou.Os Caraganopulos reconhecem que mesmo encontrando essa alternativa, as “novas” mercadorias que chegam à loja de usados não são vendidas rapidamente. “É mais demorado, mas pelo menos nada é perdido”, conforma-se.

Share on Google Plus

Sobre portal da feira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment