Após agressão a jornalista, Globo demite seguranças


A Globo demitiu os dois seguranças que acompanhavam a jornalista Monalisa Perrone na segunda-feira (31), quando a repórter foi agredida ao vivo na porta do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Os dois funcionários terceirizados prestavam serviço à empresa Graber. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, os profissionais foram contratados para proteger o equipamento da emissora e não a equipe de jornalismo. Ainda de acordo com a publicação, após o incidente, a Globo decidiu reformular todo o seu departamento de segurança.Monalisa Perrone abriu um boletim de ocorrência por lesão corporal após ser agredida por uma dos manifestantes.
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment