Empresa de aviação tem bens penhorados por não pagar Zeca Pagodinho


A 11ª Camara Cível do Rio condenou a Aerolíneas Argentinas a indenizar o cantor Zeca Pagodinho em R$ 30 mil. No entanto, a companhia aérea efetuou apenas parte do valor, R$ 22 mil. 
De acordo com o jornal “O Dia”, o advogado de Zeca, Sylvio Guerra, requereu penhora dos escritórios da companhia aérea no Centro do Rio para satisfazer o saldo remanescente. 
O motivo do embate judicial seria porque o cantor se considerou desrespeitado em viagem a Bariloche, na Argentina, com a família, em 2008.
O juiz Alessandro Oliveira Felix, da 51ª Vara Cível, deferiu o pedido e mandou um oficial de justiça penhorar computadores, impressoras, mesas e cadeiras para garantir a diferença atualizada, que é de R$ 34 mil. 
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment