Menino de 14 anos é julgado por matar quatro e pendurar corpos em ponte


O julgamento de um menino de apenas 14 anos entrou na reta final na última terça-feira e vem mobilizando todo o México. O jovem está sendo julgado por executar quatro pessoas e pendurar os corpos em uma ponte.
O menino, conhecido como "El Ponchis", nasceu nos Estados Unidos e deve pegar a pena máxima prevista para essa idade na legislação do país, de três anos de detenção. O jovem foi preso no final do ano passado, quando embarcava no aeroporto de Cuernavaca rumo a San Diego, para visitar a mãe.
O julgamento inédito no país reuniu 65 testemunhas de acusação, entre elas duas vítimas de tortura e sequestro do próprio "El Ponchis". Militares, policiais e procuradores de Justiça também prestaram depoimento. Com grande repercussão no país, há um clamor popular pela condenação do jovem, o que deve acontecer nos próximos dias.Antes de ser preso, diversos vídeos de confissão dos crimes circulavam na internet. Neles, "El Ponchis" confessava ter matado em nome do narcotráfico mexicano, sob ordens de Jesús Radilla, que é chefe de um cartel no Pacífico Sul.
Ano passado também surgiu uma foto que mostrava o menino degolando uma de suas vítimas. O jovem disse que entrou no narcotráfico aos 11 anos, forçado por membros de uma gangue que presta seviços ao "sistema".
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment