Dilma e mais nove ministros de Lula deixam governo para disputar eleições


Faltando nove meses para encerrar seu segundo mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai perder nesta quarta-feira 10 ministros que deixam o primeiro escalão para disputar as eleições de outubro. O número ainda pode subir porque o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, pediu ontem 24 horas para decidir se deixa o governo.Segundo o ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) saem do governo os ministros Dilma Rousseff (Casa Civil), Hélio Costa (Comunicações), Alfredo Nascimento (Transportes), Edson dos Santos (Igualdade Racial), Patrus Ananias (Desenvolvimento Social), Edson Lobão (Minas e Energia), Geddel Vieira Lima (Integração Nacional), José Pimentel (Previdência Social), Carlos Minc (Meio Ambiente) e Reinholds Stephanes (Agricultura).
De acordo com Padilha, não há restrição para que novos ministros peçam para sair até sexta-feira, quando termina o prazo de desincompatibilização. A legislação eleitoral obriga ocupantes de cargos no Executivo a deixarem suas funções até o dia 3 de abril se forem disputar as urnas em outubro. "A única diferença é que não vai participar da posse coletiva de amanhã", afirmou.
Em fevereiro, Tarso Genro (Justiça) foi o primeiro ministro de Lula a deixar o governo por causa das eleições. Pré-candidato do PT ao governo do Rio Grande do Sul, Tarso foi substituido por Luiz Paulo Barreto.
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment