Foragido, ex-deputado acusado de mandar matar por audiência de TV quer prisão especial


O ex-deputado estadual Wallace Souza (PP), que ficou conhecido pela acusação de mandar matar traficantes para aumentar a audiência de seu próprio programa de TV, continua foragido da Justiça do Amazonas. Mesmo assim, seu advogado Francisco Balieiro ingressou com uma petição requerendo privilégios ao ex-parlamentar O juiz da 2ª. Vara Especializada em Crimes de Tráfico de Entorpecentes, Mauro Antony, decretou nesta quinta-feira (7) a prisão preventiva de Souza. Foi o segundo pedido de prisão contra o ex-parlamentar em 48 horas - o primeiro foi de prisão temporária. Na semana passada, o então deputado teve seu mandato cassado pela Assembleia Legislativa. O mandado de prisão foi pedido pela Força-Tarefa do Ministério Público Estadual (MPE) e da Polícia Civil pelos crimes de associação para o tráfico de drogas, formação de quadrilha e homicídio. Souza é apontado pela polícia como líder de uma quadrilha que comandava o tráfico de drogas em Manaus. Seu filho, Raphael Souza, está preso acusado pela morte de traficantes de drogas. As mortes, segundo depoimentos de testemunhas, eram informadas com antecedência a integrantes da equipe do programa Canal Livre, apresentado por Wallace Souza, que chegavam no local do crime antes das demais equipes de reportagem.
Share on Google Plus

Sobre Paulo Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment